Real é a segunda moeda mais desvalorizada em 2020

O real foi a segunda que mais perdeu valor quando comparado ao dólar nesse início de 2020

Você deve estar se perguntando, porque o real desvalorizou tanto?

Conforme dados levantados pela agência de classificação de risco Austing Rating, em novembro do ano passado, a moeda brasileira ocupava o quarto lugar no ranking como a mais desvalorizada.

Os dados demonstram que o real apresentou uma desvalorização em 4,9%, perdendo apenas para a moeda da Venezuela, da Zâmbia e do Chile.

Este estudo foi coordenado tendo como base a análise das moedas de 122 países, a partir de uma cotação fornecida pelo Banco Central.

Segundo a pesquisa, desde o ano passado a moeda tem perdido a força, onde neste início de ano subiu para a segunda posição, ficando apenas atrás do Bolívar venezuelano.

A alta do dólar e a desvalorização do real

Para o governo brasileiro, a alta do dólar ocorreu por conta de uma preocupação relacionada a uma desaceleração da economia mundial.

Houve uma alta considerável no valor da moeda americana por conta dos conflitos contra o Irã.

Dessa forma, a instabilidade no cenário político do país também interfere diretamente na evolução da economia.

Isso também ocorre quando se fala de insegurança jurídica ou de fragilidade das instituições e políticas econômicas.

Real desvalorizado no começo do ano

Ainda na primeira quinzena de 2020, o real sofreu uma queda de 3,42%.

Essa pode ser considerada a maior queda das reservas, desde o ano de 1999, quando o Brasil abandonou o regime de câmbio fixo.

Além do dólar, o dinheiro mais valorizado foi a Rupia (Indonésia), com alta de 1,63%, seguida pela moeda chinesa (Yuan) que valorizou 1,53%.

O real e as principais consequências da desvalorização

Os principais motivos para uma desvalorização do real são:

Aumento dos preços

Quando há a desvalorização, um dos impactos pode ser um repasse nos preços internos chamado de pass-throught, em alguns segmentos da economia.

 O impacto é sentido no aumento dos preços em todas as áreas da economia

Falta de estímulo para investimentos

Boa parte das decisões de investimentos possui relação com a moeda local (Real) e com o Dólar.

Variações na taxa de câmbio tendem a diminuir os incentivos para investimentos futuros.

Assim, caso comece a oscilar, não haverá incentivos para novos investimentos.

Balança comercial

A desvalorização da moeda nacional, por um lado estimula as exportações;

Por outro lado, as compras internacionais ficam mais caras.

No entanto, o grande entrave é que, em meio a globalização, muitos exportadores também são grandes importadores.

Ou seja, para fabricar produtos de qualidade, é necessário importar insumos em todo o mundo.

Conseguiu entender quais os principais motivos da desvalorização do real? Deixe o seu comentário sobre o nosso artigo!

Aplique com a nossa assessoria

Compre Bitcoin, e proteja a sua aplicação com a assessoria mais segura do Brasil.

Cadastre-se e veja como é simples, acesse: eprice.capital.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: