Halving na pandemia: saiba quais são os efeitos causados pela COVID-19

A pandemia está causando um efeito devastador em diversas economias mundiais, principalmente na economia brasileira, com variações no PIB, encerramento de contratos de trabalho, dentre outros fatores. Esta crise também gera preocupações no mercado cripto. Com o Halving , a tendência é que o preço do Bitcoin sofra alterações num futuro próximo.

Com a chegada do Halving, muito se especula em relação ao preço do Bitcoin, por conta dos acontecimentos históricos. Fazendo uma análise dos últimos eventos, é possível perceber que houve uma alta no valor da criptomoeda. Mas essa será a primeira vez que teremos uma redução da recompensa em meio a uma crise global. 

Para especialistas em criptomoedas, o Halving causará uma “guerra” entre os mineradores, por isso, poderá haver uma grande diferença no preço da moeda. Na semana passada, houve um recorde histórico, o que fez com que a taxa de hash para mineradores que operavam com máquinas mais antigas deixassem de minerar, fazendo com que a hashrate caísse mais de 40%, desde a alta histórica do dia 8 de março, passando de 123 EX/s para 75 EX/s. Este recorde tem como consequência também nas taxas de juros cobradas pelos mineradores.

Expectativa de queda após o Halving

Para mineradores/traders a expectativa é que o valor do Bitcoin possa cair para valores entre US$2.000 e US$2.200. Vale ressaltar que esta faixa de preço está consideravelmente abaixo do custo de operação, baseado nos serviços que as mineradoras chinesas fornecem; algumas delas estão mais preocupadas com o monopólio, do que com o status na blockchain em si. Vale lembrar que nos Halvings anteriores, não tínhamos uma pandemia. Os 3 fatores que irão influenciar no valor do Bitcoin após o evento, são:

  • A inflação/deflação das moedas fiduciárias;
  • Liquidez financeira global, uma vez que todos os ativos financeiros vão quebrar;
  • O pânico global em momentos de crise, já que o Bitcoin é um ativo para ser utilizados em momentos com este. 

O que diz a História Recente

O Bitcoin é um ativo totalmente digital, e a história do mostra que o Halving é sempre um bom momento, pois, o preço nunca sobe após o evento, somente alguns meses depois. Nos eventos anteriores, quando houve o corte da recompensa, o Bitcoin apresentou um ganho de até 10x

Para Marcelo Balloti, economista da E-Price Capital, o resultado deste Halving será diferente dos dois anteriores pelo fato de estarmos em uma crise econômica global. 

“Nos Halvings anteriores, houve uma forte elevação no preço do Bitcoin meses depois da redução da oferta; acredito que neste poderá  haver uma menor diminuição do valor do ativo com muitos buscando realizar suas posições para um posterior aumento; contudo vejo uma valorização posterior menos intensa do que ocorreu no passado”, afirma ele. 

Quer saber quais são as perspectivas para o Bitcoin após o Halving? Leia o nosso próximo artigo e entenda.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: