Imposto de Renda: Como fazer a declaração com Bitcoin

Estamos próximos da declaração do imposto de renda, porém, já sabe como inserir o Bitcoin neste processo?

Você pode estar se perguntando: Consigo declarar Bitcoin no imposto de renda?

A resposta é sim, mas afinal, qual a relação entre Bitcoin e IR? Leia o nosso artigo a seguir e entenda um pouco mais a respeito do assunto.

 A Receita Federal ainda não definiu uma norma para as criptomoedas, porém, as mesmas devem sim ser declaradas, pois, elas possuem o mesmo valor de um ativo financeiro; todas as operações realizadas com o Bitcoin devem ser comprovadas através de uma documentação legítima.

Como fazer a declaração de IR com Bitcoin?

Para fazer a declaração do IR com Bitcoin, coloque a posição – data, hora e preço da aquisição e quantos possuía, por exemplo: em 31/12/2019 , meia-noite e qual foi o preço da aquisição de criptoativos; este é um pré-requisito necessário para a declaração, pois se refere a uma normativa da Receita Federal;

A partir de agora é obrigatório que as pessoas façam a declaração do IR dos seus criptoativos; os rendimentos das aplicações em Bitcoin e outras criptomoedas, em geral, são isentos de Imposto de Renda para aplicações acima de R$ 35 mil; assim, como um investimento em ações, a alíquota do IR é de 15% sobre o lucro investido com a venda dessas criptomoedas.

O imposto sobre o rendimento deve ser gerado e recolhido pela própria pessoa que investiu, uma vez que o pagamento deve ser efetuado através de uma guia de recolhimento (DARF), até o último dia do mês seguinte; desta forma, os investimentos em Bitcoin estão sujeitos a chamada Tributação Exclusiva ou Definitiva;

E aí, aprendeu como fazer a declaração do Bitcoin no imposto de renda? Deixe o seu comentário abaixo!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: